Página Inicial
 
 
- Alta Floresta - Mato Grosso
 
  Últimas Notícias
 
Técnicos recebem treinamento e Alta Floresta deverá aumentar em 30% a produção do café
16-11-2016 - 10:10

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e  Estatística (IBGE),  Alta Floresta produziu em 2015, 180 toneladas (3 mil sacas) café (em grão) Canephora em um área de 300 hectares. A previsão para 2018 é que esta safra cresça em 30%, com a nova técnica de plantio que será implantada no município. 

O Pró-Café, é um programa que tem o objetivo de revitalizar a cultura do Café no estado de Mato Grosso. Na semana passada aconteceu em Alta Floresta a primeira etapa desse projeto com a capacitação de técnicos multiplicadores que vão atuar orientando os produtores. 

Hoje os produtores incluídos no programa utilizam o sistema seminal (sementes) para o plantio, a partir de agora eles migram para o clonal (estacas). Nesse novo sistema de plantio, a meta do programa é que a produção salte de oito para 20 sacas de café por hectare plantado na primeira produção em 2018. 

Em Alta Floresta o projeto Pró-Café  inicia com 50 produtores, cada produtor receberá mil pés da nova espécie a ser cultivada.  A colheita do café ainda é manual, o que limita a produção por falta de mão de obra. "São áreas pequenas com alta produtividade pra você limitar a questão da mão de obra, a colheita do café são poucas coisas que são mecanizadas", disse o secretário de secretário de agricultura de Alta Floresta, Altamir Feliciano Pereira.

Alta Floresta receberá 50 mil mudas do café para os produtores  e 1.500 mudas para a prefeitura montar o seu laboratório de produção. "Nós vamos montar nosso jardim clonal aqui, a partir desse jardim clonal nós vamos começar a produzir as mudas", disse Altamir.   

Altamir Feliciano está confiante  com o projeto. O café a ser produzido em Alta Floresta, o Conilon tem um preço de mercado atraente.  "É uma cultura que dá uma rentabilidade muita grande. A saca do café Conilon custa R$ 500,00. Nada se compara a essa cultura na zona rural hoje, nem gado, nem nada. Compensa vender café do qualquer outra coisa", avaliou o Secretário.

O programa é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Agricultura e Assuntos Fundiários (Seaf-MT) e conta com o apoio da Embrapa de Rondônia, da Empaer e das prefeitura municipais. A capacitação em Alta Floresta reuniu técnicos de 10 cidades incluídas no projeto. Os produtores irão receber as mudas, fertilizantes e assistência técnica. 

Fonte: Dionéia Martins
 
  Notícias Relacionadas
 
 
  Comentários
 
 
 
 
  Vídeos
  ASSEMBLEIA DE MATO GROSSO ENTREGA AMBULÂNCIAS
 
  Publicidades
WATSSAP
 
  Últimas Notícias
Política
| 12-12-2017 10h:22m
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Edu
Política
| 12-12-2017 10h:21m
Justiça Federal aceita denúncia contra Rocha Loures por corrupção pass
Política
| 12-12-2017 10h:20m
Ex-assessor de Cabral diz que esquema de corrupção movimentou R$ 500 m
Policia
| 12-12-2017 10h:17m
PRF apreende menor transportando maconha que seria entregue em Alta Fl
 
 
  Publicidades
 
  Facebook
 
Anjos Notícias 2011 - 2016 - Todos os direitos reservados
Av. Paulo Pires, 550 - Setor G - Alta Floresta - Mato Grosso | (66) 3521-1738 | (66) 9 8404-4744 | (66) 9 9224-4376 | (66) 9 9903-0669