Página Inicial
 
 
- Alta Floresta - Mato Grosso
 
  Últimas Notícias
 
Acadêmica registra animal de estimação em cartório de Paranaita
04-10-2017 - 08:59

Registrar animais como cães e gatos é uma prática comum nos grandes centros. Mas no interior da maioria dos estados brasileiros, a situação ainda é vista como novidade ou até mesmo inexistente. Não é mais o caso de Paranaíta. Foi no Cartório de 1º Ofício da cidade a 60 quilômetros de Alta Floresta que a acadêmica de direito, Gesamine Maria Nafin da Silva recorreu para tirar a Certidão de duas cachorrinhas, de dois e quatro anos de idade, de nome Lili e Cristal respectivamente.

Gesa que mora em Alta Floresta, é filha do casal de empresários, Rosane Nafin e Jair da Silva.

A mãe diz que a filha sempre foi apaixonada por animais, até mesmo os que não são dela. “Tem vez que a frente da minha casa parece canil, de tanto cachorro e gato. Ela não pode ver na rua que vai chamando, dando ração”, conta a genitora, salientando que o pai da estudante também é apaixonado por animais e especialmente por cães. “As vezes ele fica ligando do serviço, dizendo que está com saudades das ‘meninas’, conta ela se referindo às cachorras da raça shitzu.

Não foi fácil registrar.

A acadêmica que já está cursando o oitavo semestre de Direito está comemorando muito a conquista. Mas diz que chegar até ter os registros de Cristal e Lili não foi fácil. “Procuramos o Cartório em Alta Floresta, mas não tivemos muita atenção. Por isso fui à Paranaíta e lá fizeram o documento”, explica Gesa que recebeu os registros assinado pelo oficial registrador Oldenir Schwiderke. 

Virar história no TCC

A Guarda dos animais farão parte do material de pesquisa do seu trabalho de Conclusão de Curso – TCC. Gesamine que já postou o documento na sua página no Facebook quer que outras pessoas sigam o mesmo exemplo, registrando seus animais. “Não é uma pessoa, mas também serão registrados e no dia que vier a óbito, fazer do mesmo jeito, tirando certidão para dar baixa”, comentou tocando pouco nesse assunto sobre Cristal e Lili com quem quer ficar ainda muitos e muitos anos. “Ela ama demais e eles ficam parecendo crianças dentro de casa, os irmãozinhos”, brinca a mãe.

Mas Gesa que é noiva, diz que ainda tem outro animal para registrar. Mas o namorado que é advogado já disse que quer a guarda compartilhada. “Ele já disse que quer no nome dele também”, conta aos risos a acadêmica.

Fonte: JCidade
 
  Notícias Relacionadas
 
 
  Comentários
 
 
 
 
  Vídeos
  ASSEMBLEIA DE MATO GROSSO ENTREGA AMBULÂNCIAS
 
  Publicidades
WATSSAP
 
  Últimas Notícias
Política
| 16-11-2017 10h:51m
Servidores exigem garantia de salário no dia 10 e fim dos incentivos a
Política
| 16-11-2017 10h:47m
R$ 40 mil apreendido em armário no TCE
Esporte
| 16-11-2017 10h:13m
Cuiabá Arsenal embarca em busca de vaga na final do brasileiro
Política
| 16-11-2017 10h:10m
Homologada cautelar que impede Prefeitura de Paranaíta a pagar empreit
 
 
  Publicidades
 
  Facebook
 
Anjos Notícias 2011 - 2016 - Todos os direitos reservados
Av. Paulo Pires, 550 - Setor G - Alta Floresta - Mato Grosso | (66) 3521-1738 | (66) 9 8404-4744 | (66) 9 9224-4376 | (66) 9 9903-0669