Página Inicial
 
 
- Alta Floresta - Mato Grosso
 
  Últimas Notícias
 
Por falta de repasses, três hospitais filantrópicos suspendem parcialmente os serviços em Cuiabá
06-10-2017 - 08:44

Três hospitais filantrópicos de Cuiabá suspenderam parcialmente os atendimentos, desde quarta-feira (4), por falta de repasses do poder público. Foram afetados os serviços oferecidos pela Santa Casa e pelos hospitais Geral Universitário (HGU) e Santa Helena. Em agosto deste ano, os filantrópicos fizeram uma paralisação, também por falta de repasses.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que o repasse da primeira parcela aos filantrópicos deverá ser feito após a liberação do orçamento das secretarias estaduais de Planejamento e de Fazenda. A SES negou, porém, falta de repasses às Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na Santa Casa.

Segundo os hospitais filantrópicos, o valor repassado pelos governos estadual e municipal cobrem apenas 60% dos custos, ou seja, mesmo quando o pagamento é feito, o déficit mensal para que as unidades sejam mantidas em funcionamento é de R$ 3,6 milhões.

Em agosto deste ano, o governo do estado se comprometeu a repassar R$ 2,5 milhões para os filantrópicos durante três meses, totalizando R$ 7,5 milh]oes. No entanto, segundo o vice-presidente da Federação dos Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso, Antônio Preza, nenunha parcela foi paga até o momento.

Ainda de acordo com Preza, mesmo que o aporte prometido fosse feito. há outra pendência do Executivo: um repasse mensal que é feito para a manutenção do serviço de UTI, e que não efetuado há três meses. Só na Santa Casa, o custo para manter o serviço em funcionamento é de R$ 700 mil.

Serviços suspensos

Desde a paralisação de parte dos serviços, a UTI da Santa Casa deixou de atender novos pacientes e os salários dos médicos estão atrasados. Além disso, os 65 leitos de retaguarda, que dão suporte ao Pronto-Socorro de Cuiabá, também pararam de receber pacientes novos por falta de pagamento. Mas, neste último caso, o repasse em atraso há quatro meses é por parte da Prefeitura de Cuiabá.

A Secretaria de Saúde de Cuiabá reconheceu os atrasos nos pagamentos a serem feitos à Santa Casa desde maio deste ano, afirmando que eles ocorrem por atraso nos repasses estaduais, uma vez que os leitos do hospital atendem a pacientes de todo o estado.

O Hospital Santa Helena também está trabalhando no limite. Na UTI, são atendidos somente pacientes que já estavam internados na unidade e as cirurgias eletivas, que são aquelas agendadas por serem de baixa complexidade, deixaram de ser marcadas.

O Hospital Geral Universitário, por sua vez, deixou de receber novos pacientes na UTI e no setor de maternidade. A unidade também parou de realizar cirurgias cardíacas. Os atendimentos do setor da maternidade que não são feitos pelo HGU estão sendo encaminhados, por enquanto, para o Hospital Santa Helena.

Repasse emergencial

Nesta quinta-feira (5), o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), afirmou que a instituição deve repassar R$ 2,5 milhões para os hospitais filantrópicos. Segundo ele, a decisão foi encaminhada para a Secretaria Estadual de Planejamento tomar as devidas providências e a expectativa é de que o dinheiro seja liberado o mais rápido possível.

Fonte: G1
 
  Notícias Relacionadas
 
 
  Comentários
 
 
 
 
  Vídeos
  ASSEMBLEIA DE MATO GROSSO ENTREGA AMBULÂNCIAS
 
  Publicidades
WATSSAP
 
  Últimas Notícias
Judiciária
| 23-11-2017 10h:11m
Juízes vão ao STF contra imunidade para deputados de MT
Economia
| 23-11-2017 09h:58m
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 60 milhões no sábado
Política
| 23-11-2017 09h:48m
Novo texto da reforma mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para
Política
| 23-11-2017 09h:47m
Polícia Federal prende ex-chefe da Casa Civil do governo Cabral
 
 
  Publicidades
 
  Facebook
 
Anjos Notícias 2011 - 2016 - Todos os direitos reservados
Av. Paulo Pires, 550 - Setor G - Alta Floresta - Mato Grosso | (66) 3521-1738 | (66) 9 8404-4744 | (66) 9 9224-4376 | (66) 9 9903-0669