Página Inicial
 
 
- Alta Floresta - Mato Grosso
 
  Últimas Notícias
 
Galindo diz que Taques foi avisado de esquema até por power point
10-10-2017 - 09:05

O ex-secretário da Segurança Pública, Fábio Galindo, afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) não só tinha conhecimento do esquema dos grampos ilegais operados pela Polícia Militar, como presenciou uma apresentação de power point e teve acesso aos documentos relativos à existência do esquema.

A declaração está contida no depoimento prestado por ele no procedimento que investigou suposta fraude do promotor de Justiça Mauro Zaque, autor da denúncia sobre os grampos que vitimou centenas de pessoas e já levou parte do secretariado de Taques à prisão.

Segundo o trecho do depoimento, Galindo afirma que, enquanto era secretário-adjunto emitiu junto com o então secretário de Segurança, Mauro Zaque, quatro ofícios destinados ao governador esclarecendo sobre o esquema dos grampos ilegais foram protocolados em 8 e 14 de outubro de 2015.

O primeiro ofício foi protocolado no Protocolo Geral por decisão do próprio governador. “Que o governador concordou com o protocolo e determinou que fosse feito; Que inclusive o mesmo falava sempre que "se tem alguma coisa errado. põe no papel. pois não gosto de fofoca"”.

 

Galindo afirma ainda que toda a documentação trazia ordens judiciais, relatórios de inteligência e assinados possivelmente por militares. Inclusive assegura que toda a documentação foi encaminhada ao governador, tendo os então secretários ficado apenas com a cópia dos protocolos.

“Que foi comunicado pessoalmente o governador Pedro Taques. Inclusive com a apresentação de programa ‘power point" na residência do mesmo na presença do Declarante e do então Secretário Mauro Zaque. Que a apresentação ao governador foi realizada antes do protocolo do 2º oficio”.

Ainda segundo Galindo, a apresentação foi impressa. Na ocasião, o governador assumiu o compromisso de exonerar o comandante da PM, coronel Zaqueu Barbosa, o coronel Airton Siqueira, bem como seu primo e então secretário da Casa Civil, Paulo Taques.

“Enquanto o Secretário Mauro Zaque conversava com os Coronéis Zaqueu e Siqueira, o governador deslocou-se para São Paulo-SP para conversar com Paulo Taques (então Secretário Chefe da Casa Civil), o qual estaria naquela localidade. Não sabendo dizer se foi na mesma data, mas foi no mesmo período”.

 

No entanto, como passou uma semana e o governador não tomou providências sobre o caso, tanto Galindo quanto Zaque decidiram protocolar o segundo oficio diretamente no setor de protocolo postal da Secretaria da Casa Civil por razões de segurança, uma vez que possivelmente havia secretários envolvidos no esquema.

O segundo ofício, segundo Galindo, era muito mais robusto e continha dados de pessoas interceptadas ilegalmente tais como deputados, jornalistas, inclusive de Tatiane Sangalli, suposta namorada de Paulo Taques.

“Que de fato entre um ofício e o outro houve uma mudança radical de conteúdo, haja vista que constatou-se a gravidade muito maior dos fatos levantados, levando à necessidade de formalizar via protocolo a comunicação oficial dirigida ao Govenador do Estado Pedro Taques”.

A “velocidade das providências” requeridas por Zaque “foi exatamente o ponto da discórdia” junto ao governador que, inclusive, teria dito que “’secretário não manda em meu governo". no sentido de que não agiria sob pressão diante da interpelação verbal do então secretário Mauro Zaque”.

Diante do desgaste da demora na tomada de decisões por parte de Taques, Zaque pediu exoneração do cargo de secretário e Galindo assumiu seu lugar. Ainda segundo depoimento, Galindo diz que novamente conversou com o governador sobre o caso dos grampos e requereu a demissão dos nomes já apontados por Zaque.

Apenas o coronel Zaqueu foi demitido e a outra foi abortada ao longo do processo, pois, passados dois meses, o STF decidiu que membros do MP não poderiam mais ocupar cargos no Executivo e ele deixou o cargo.

Fonte: GD
 
  Notícias Relacionadas
 
 
  Comentários
 
 
 
 
  Vídeos
  ASSEMBLEIA DE MATO GROSSO ENTREGA AMBULÂNCIAS
 
  Publicidades
WATSSAP
 
  Últimas Notícias
Política
| 16-11-2017 10h:51m
Servidores exigem garantia de salário no dia 10 e fim dos incentivos a
Política
| 16-11-2017 10h:47m
R$ 40 mil apreendido em armário no TCE
Esporte
| 16-11-2017 10h:13m
Cuiabá Arsenal embarca em busca de vaga na final do brasileiro
Política
| 16-11-2017 10h:10m
Homologada cautelar que impede Prefeitura de Paranaíta a pagar empreit
 
 
  Publicidades
 
  Facebook
 
Anjos Notícias 2011 - 2016 - Todos os direitos reservados
Av. Paulo Pires, 550 - Setor G - Alta Floresta - Mato Grosso | (66) 3521-1738 | (66) 9 8404-4744 | (66) 9 9224-4376 | (66) 9 9903-0669