Página Inicial
 
 
- Alta Floresta - Mato Grosso
 
  Últimas Notícias
 
Politec confirma violação de lacres das provas do concurso para delegado
16-11-2017 - 10:44

O laudo preliminar feito pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou que o envelope onde estavam anexadas as provas do concurso para delegado substituto da Polícia Civil de Mato Grosso teve o lacre rompido antes da aplicação do exame. 

O concurso foi realizado no dia 08 de outubro e mais de 13 mil pessoas participaram. O salário inicial para a função era de R$ 19 mil, conforme o edital. 

O site Folhamax teve acesso ao laudo de 28 páginas assinado pelo perito Flávio Kubot. Conforme o documento, para comprovar que houve de fato a violação no lacre, o envelope foi confrontado com outro que estava intacto. 

O perito detalhou que foram utilizados 10 envelopes de segurança, sendo que destes cinco do tipo (externo) e cinco do tipo transparente (interno). 

“Os mesmos envelopes utilizados no concurso citado anteriormente, e, ainda, cinco etiquetas de segurança, ambos fornecidos pela Gerência de Combate ao Crime Organizado". 

Conforme Flávio Kubot, através das lentes especiais de aumento foi possível realizar diversos confrontos com detalhes e características das peças padrões citadas e descritas anteriormente. 

“Ficou comprovado que no envelope os dois elementos da fita encontravam-se ativados, ou seja, a fita foi rompida parcialmente no sentido longitudinal, rompimento de aproximadamente 107 mm, e o segundo elemento com a mensagem violado foi revelado na fita e com vestígios no envelope, com a distância de aproximadamente 140 mm com relação a lateral direita do envelope. Portanto, pode-se afirmar que ocorreu a violação parcial do lacre externo", afirmou o perito. 

Os responsáveis por cometer a fraude ainda tentaram colocar o envelope transparente depois da abertura, mas foi encontrado indícios de que as fitas adesivas sofreram uma abertura parcial de aproximadamente 100 mm. 

“Tendo em vista o desalinhamento/amassamento quando comparada às demais partes das fitas adesivas presentes no envelope e também pelo aspecto da cola responsável pela adesão nesta porção das fitas adesivas. Observou-se, ainda, vestígios de cola fora da região de aderência, ou seja, houve um reposicionamento das fitas após a adesão inicial", indicou. 

Já em outro envelope, o perito notou inconsistência, sendo que no exame pericial, foi observado primeiramente o rompimento parcial do elemento de segurança de 30 mm. 

Também foi considerado o início do rompimento na etiqueta à lateral direita do envelope. O rompimento total chegou aos 15 mm. 

E, por fim, o perito realizou outras simulações de abertura e fechamento dos lacres para comprovar que a segurança dos envelopes com etiqueta foram desprotegidas. 

Outro lado - Por meio da assessoria, a Politec afirmou que todos os documentos foram encaminhados para a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Por enquanto, nenhum detalhe foi divulgado para não atrapalhar as investigações. 

Já o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), afirmou que todos os envelopes da prova assim como de outros concursos que a empresa ficou responsável por fazer são acondicionado em malotes fechados e com lacre de aço. 

“Nenhum envelope de prova foi violado, o que garante a lisura de todo o processo. O Centro está colaborando com as investigações e com o Ministério Público, e aguarda o fim das apurações para que tudo seja esclarecido", finalizou. 

SUSPENSÃO - A Polícia Judiciária Civil suspendeu por 60 dias o concurso público para delegado de polícia substituto até a conclusão do inquérito policial presidido pela Gerência de Combate do Crime Organizado (GCCO) e o inquérito civil do Ministério Público Estadual (MPE), que apuram suspeita de violação dos lacres de envelopes contendo provas. 

A medida foi tomada diante do resultado da perícia técnica que apontou que houve violação parcial na lateral de envelopes contendo as provas para o concurso de delegados, em Mato Grosso. O resultado indica que houve fraude no certame ainda em andamento e conduzido pela Cebraspe. 

Fonte: Diário de Cuiabá
 
  Notícias Relacionadas
 
 
  Comentários
 
 
 
 
  Vídeos
  ASSEMBLEIA DE MATO GROSSO ENTREGA AMBULÂNCIAS
 
  Publicidades
WATSSAP
 
  Últimas Notícias
Política
| 12-12-2017 10h:22m
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Edu
Política
| 12-12-2017 10h:21m
Justiça Federal aceita denúncia contra Rocha Loures por corrupção pass
Política
| 12-12-2017 10h:20m
Ex-assessor de Cabral diz que esquema de corrupção movimentou R$ 500 m
Policia
| 12-12-2017 10h:17m
PRF apreende menor transportando maconha que seria entregue em Alta Fl
 
 
  Publicidades
 
  Facebook
 
Anjos Notícias 2011 - 2016 - Todos os direitos reservados
Av. Paulo Pires, 550 - Setor G - Alta Floresta - Mato Grosso | (66) 3521-1738 | (66) 9 8404-4744 | (66) 9 9224-4376 | (66) 9 9903-0669